sábado, 27 de novembro de 2010

Testamento - Meme



Explicando: Assunto mórbido? É sim! De onde eu tirei essa idéia? Da Morgenstern (adoro esse nome... muito melhor do que o meu "da Silva"). Mas achei interessante porque nunca tinha pensado no que seriam das minhas coisas depois que eu passasse pro lado de lá, batesse as botas, batesse com as dez, atravessasse, descanssasse, dormisse o sono eterno.. enfim, morresse.

Dai comecei a escrever e percebi que eu não faço idéia do que eu daria pra quem. Talvez porque eu não serei uma defunta apegada às coisas... talvez porque eu ache que ninguém vai querer nada do que eu tenho... talvez porque eu simplesmente não consiga pensar nas coisas que eu tenho (porque faz tempo que eu não arrumo meu guarda roupas). Mas fiz o texto conforme fui lembrando... e percebi também que eu sou mais apegada às pessoas do que às coisas (O mais difícil foi falar em deixar as pessoas citadas aqui para outro alguém. Entenda-se minhas cachorras como pessoas também. E foi incrível isso, porque eu adoro dinheiro!)

Agora chega de filosofar e vamos ao que importa!

Minhas lingeries – Ficam pro meu namorado (pra assustar qualquer nova namorada que ele venha a ter)
Minha poupança – Fica pro pedreiro (pra pagar a dívida da reforma que ainda nem começou)
Minha coleção de cd's de Sandy e Jr. - Fica com a Carla (amiga desde os 5 anos de idade e é a única que agradeceria pelo presente)
Minha casa – Fica pro atual dono (já que ele se recusa a passar a escritura pro meu nome apesar da casa estar toda paga)
Minhas roupas – Ficam pro bazar da igreja (eu nem ligo pra roupa mesmo, se quiser, me enterra pelada)
Meus sapatos – Ficam pra alguém que tiver o pé do tamanho do meu e que não se importe com chulé (porque, meo-deus-do-céo, eu não sei que faço pra acabar com essa merda. Se alguém tiver uma receita por favor me fale)
Meu pinguelão – Fica pras minhas tchucas-cachorras (Calma!!! É só o nome da minha pantera cor de rosa de pelúcia que eu tenho desde os 5 anos de idade... pensou que era alguma coisa fálica né!!! safada!!)
Meu notebook – enterra junto.Meus celulares – enterra junto (com os fones, por favor)
Minhas contas de facebook, twitter e desse blog – Ficam pra Renata (afinal, foi ela que abriu, ela que arrumou, ela que faz funcionar quando eles brigam comigo e não me obedecem... enfim.. já são dela mesmo)
Meu carro – Fica pra minha mãe (vender ou aprender a dirigir)
Meu perfume Flower by Kenzo – Fica pro meu namorado (pra assustar qualquer nova namorada que ele venha a ter)
Minhas agendas antigas (as que sobraram) – Ficam pra Aline (minha irmãzinha de consideração, que mergulha na maionese tão fundo quando eu)
Minhas jóias – enterra junto
Minhas fotos do primeiro grau (atual ensino fundamental) – Ficam pra Renata (que já tem milhões de coisas guardadas dessa época)
Meus posts (porque escreverei muito antes de morrer e deixarei para serem postador pós-funeral) – Ficam pra Desintoxicada, pra garota em apuros, pra contagiante.
Meu anel de coquinho que tenho com meu namorado – enterra junto
Minhas Tchucas-cachorras – Ficam pra minha mãe (apesar delas já terem se apossado da minha mãe faz tempo e terem me largado pra lá)
Minha mãe – Fica pra Deus porque ela vai ter um troço se eu morrer!
E enfim, meu namorado – Enterra junto! Brincadeira... (ou não). Fica pra mãe dele! Porque se ele arrumar outra eu arrumo um jeito de negociar do lado de lá e mando buscar o elemento! Ameaça? Quem? Eu? Nãooo... que é isso! (Dai enterra junto! huahuahua - risada macabra)

Agora vou contar uma coisa: Esse post é um negócio que chama “Meme”. Todo mundo linkado aqui tem a “missão” de fazer o seu testamento (tá bom, pode me mandar ir à merda e falar “num vou escrever droga nenhuma”, mas pô, faz ai vai...rs...)

RENATA: Você está linkada... não botei seu link no seu nome por motivos particulares!!! Mas você está ai!!! (pode xingar.. mas faz vai!!!! faz vai!!! vai!!! vai!!! queria ver o tamanho do post já que  eu vi o tamanho daquela caixa de coisas que você tem. Aquele seu guarda roupas deve ser a quarta dimensão do gonzo!!!)

8 comentários:

  1. Cara ! Tu é muito doida meme! Tava meio pra baixo hoje,mas depois deste post! Chorar pra que né? 1 xeiro!

    ResponderExcluir
  2. uIa menina,
    fiquei rachando de rir imaginando o seu namorado com as lingeries espantando qualquer tentativa de ter uma nova namorada,
    e como se nao bastasse seu cheiro além de impregnar no quarto dele, tem o perfume pra retocar,
    ameeei
    bjossss

    ResponderExcluir
  3. Hahahaha! Só me diz o que tu vais fazer com os notebooks e celulares lá em baixo (ou em cima!)
    Obrigada pelos posts! Vou te deixar encarregada dos meus também!!! Agora me dê um tempinho para eu preparar meu testamento porque é uma coisa em que eu nunca pensei na vida!!! :)
    Beeeeijosss!!!!

    ResponderExcluir
  4. Hahha! Eu tambem nunca pensei com quem deixar minhas coisas porque simplesmente não estou a fim de morrer tão cedo assim e admito que sou possessiva e egoísta. Não quero pensar em testamentos tão cedo...tenho 18! Deixa pra pensar nisso depois (até porque as coisas que tenho não são materialmente valiosas)!
    Em relação ao chulé: tenta deixar de molho no vinagre e passar aqueles pozinhos no sapato :D

    Beijo mocinha do chulé - ahsuash

    ResponderExcluir
  5. olha, ganhei seus posts!
    hahahaha
    adorei essa história, vou fazer mesmo!
    beijo

    ResponderExcluir
  6. Nossa morri de rir!!! Farei o meu tb! ;)

    ResponderExcluir
  7. Pronto. Demorei, mas fiz. Não tenho muita coisa para deixar, mas o pouco que tenho vai distribuído assim:

    * Minhas roupas - para as leitoras do meu blog que sejam muito magrinhas e que gostem de um visual décadas de 1920-30 ou décadas de 1950-60, acompanhados de faixas no cabelo e meias-calças coloridas. Quem se habilita?

    * Meu notebook - para minha amiga Ana Paula, cujo computador é de uso partilhado por toda a família, mas está circunscrito ao quarto da irmã!

    * Meu curta-metragem - para Léo, o produtor, que fica encarregado de continuar a inscrevê-lo em festivais.

    * Meus roteiros ainda não filmados - para Léo e Diego, que ficam encarregados de dirigi-los.

    * Minha poupança, o pouco que consegui guardar dos trabalhos que fiz - para financiar a filmagem dos meus roteiros por Léo e Diego.

    * Meus diários antigos - para meu amigo Diego, que deve transformá-los em roteiros infanto-juvenis de filme de longa-metragem ou série de tv, se servirem, ou se desfazer deles, se não valerem o esforço.

    * Minha última postagem - para as queridas leitoras do meu blog Menina sem Conserto, Anelise e Pâm, que ficam com a missão de me escrever um final feliz!

    É isso. Testamento concluído junto com o desejo de que não precise ser executado nem tão cedo!!!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. Minha amiga Sem COnserto, acredita que eu não fui ainda para Sampa? Mas assim que for, iremos nos encontrar ao vivo e a cores e riiiirrrrr, muito.

    Adooorei os posts que receberei como herança com certeza eles vão bombar....por falar em bombar o seu post sobre Homi pelado é um dos mais lidos lá no blog.O máximo!;O)

    Beijcoas enoooormes

    ResponderExcluir

Ah, fala vai...